Chás (uma ajuda nos estudos)

Sem dúvida um hábito que não só pode existir, como deve existir, é o hábito de tomar chás para estudar, isso ajuda o jejum, ajuda a ficar saudável, ajuda a concentração e a memorização nos estudos!

Quando falamos em chás, estamos falando de chás industrializados que já vem prontos, e chás quentes? Não necessariamente.

O que temos que obter são ervas para chás, é interessante ter um infusor de inox para fazer chá com as ervas, e jamais usar os chás de saquinho, pois essa versão de saquinho vem com coisas que não queremos ingerir, pois não sabemos oquê se tem dentro, e também porquê os saquinhos contém cloro; por isso é preferível comprar as ervas a granel. As melhores folhas são separadas da versão de saquinho para a versão a granel, pois os compradores de ervas a granel são muito exigentes.

Nós, criadores do site, usamos chás quentes e gelados, tomamos diariamente Chimarrão (ervas com água quente) e Tererê (ervas, condimentos, água gelada ou água com gás + suco de alguma fruta batida no liquidificador.. É uma ótima opção o Chimarrão ou o Tererê, pois você só precisa ficar adicionando água ou suco no copo e continuar tomando o dia todo, nesse caso é bom ter uma garrafa com torneira com todo o suco dentro..

Sem dúvida isso ajudará os estudos, e também a sua saúde física, por estar sempre ingerindo água e ervas também ajuda os rins e algumas ervas são anti-oxidantes.

Aqui separamos uma lista de algumas ervas e suas funções no corpo:

Camomila (Chamomilla recutita): a flor é contra a ansiedade e reduz o desejo por doces e carboidratos. Ela também auxilia no emagrecimento porque facilita a digestão e reduz a formação de gases, além de combater azia e gastrite. Contraindicação: pessoas com pressão baixa.

Melissa (Melissa officinalis): por ser um poderoso calmante, combate insônia, tensões nervosas e ansiedade. Contribui na dieta por controlar o apetite. Auxilia no tratamento da enxaqueca e em febres e resfriados. Contraindicação: gravidez, baixa atividade da tireoide, glaucoma e próstata.

Boldo (Plecthantus barbathus): ajuda na digestão de gorduras e, por isso, favorece o funcionamento do fígado. Também é indicado para ressaca e tratamento de pressão baixa. Tem ainda ação laxativa e atua no combate à prisão de ventre.
Contraindicação: pessoas com úlceras ou gastrite.

Hibisco (Hibiscus subdariffa): combate a retenção hídrica e ajuda a eliminar o excesso de gordura no corpo. Também possui ação antioxidante, prevenindo o envelhecimento precoce e algumas doenças.
Contraindicação: gestantes e lactantes.

Alecrim (Rosmarinus officinalis): essa erva aromática é indicada para aliviar a ansiedade e evitar o consumo compulsivo por comida. Também combate o cansaço físico, problemas digestivos, cólicas menstruais, artrite e artrose.
Contraindicação: gestantes, insones e em casos de doença inflamatória da pele.

Carqueja (Baccharis trimera): melhora o organismo, ajudando na digestão e no funcionamento do fígado, regula o nível de açúcar no sangue e elimina as toxinas do corpo.
Contraindicação: gestantes e lactantes.

Jasmim (Jasminum sambac): é considerado um antidepressivo natural, além de combater a ansiedade e a fome fora de hora. Também atua no combate ao colesterol e alivia dores de cabeça.
Contraindicação: desarranjo intestinal e tremores.

Chá verde, branco, vermelho, preto e amarelo (Camellia sinesis): a origem desses chás é a mesma, o que difere é a época da colheita e o processamento da planta, que modifica o sabor e as propriedades. Entretanto, todas são responsáveis por acelerar o metabolismo e diminuir as gorduras localizadas. Também são fontes de vitaminas e minerais, além de polifenois – substâncias associadas à prevenção de doenças cardiovasculares e câncer. Por conter cafeína, é recomendado o consumo do chá até as 17h para não prejudicar o sono.
Contraindicação: gestantes, lactantes, doentes renais e casos de hipertireoidismo.

Hortelã (Mentha piperita): além de possuir propriedades calmantes, ela também é um termogênico natural e também tem ação digestiva, impede a formação de gases, controla a ansiedade, a fome compulsiva e a vontade de comer doces. Ainda tem ação vermífuga.
Contraindicação: crianças que ainda mamam, gestantes, pessoas que sofrem de enxaqueca ou sudorese excessiva, insones, quem possui pedras no rim e refluxos ácidos.

E aqui tem uma lista de temperaturas para esses 7 tipos de chás: