Livre Arbítrio

Uma das fortes heresias defendidas atualmente pelo sistema religioso é acerca da doutrina propagada pela maioria das religiões chamada LIVRE Arbítrio. Infelizmente assim como muitos eu também já fiz parte do Sistema Religioso e também recebi essa doutrinação e acreditava sim que nos seres humanos tínhamos o LIVRE Arbítrio que me deixava por exemplo escolher a salvação de forma LIVRE, ou seja, ouvir o Evangelho do Messias e da Graça e escolher se aceitava ou não, o que é uma grande heresia, doutrina humanista que altera e desfocaliza o Plano de Salvação Original focado no Messias e no Criador e centraliza no Homem como detentor da decisão LIVRE, o colocando na função de escolher ou não ser Salvo, portanto Humanista e baseado na Meritocracia. Vou explicar nesse post e dar todas as referências Bíblicas de minhas afirmações. Vamos lá? 

Primeiramente para se compreender o assunto LIVRE Arbítrio é necessário compreender alguns pontos acerca do conflito espiritual que vivemos:

  1. O pecado no Éden corrompeu e modificou a natureza do ser humano que passou a ter o pecado habitando dentro de nós e perdemos a vida eterna, não seríamos mais imortais, o corpo passou a ser corruptível, modificado de forma física, mental e espiritual (Gênesis 3:1-24)
  2. Que o plano de salvação foi feito pelo Pai (YHWH) que enviou seu Filho Unigênito (YHWSHA) para que pudéssemos ter novamente a chance de vida eterna, (João 3:16 ) para isso um plano foi elaborado, plano de salvação, entre PAI E FILHO a fim de libertar, seus Filhos da escravidão do pecado e da morte eterna, caso contrário TODOS estaríamos predestinados ao lago de fogo (Romanos 6:23) Ímpios e Filhos, porque o pecado no Éden corrompeu a raça humana, nossa natureza foi alterada, pois o pecado passou a habitar dentro de nós e dessa forma, naturalmente TODOS rejeitariam a Verdade.(João 5:40) (Romanos 3:11)
  3. Que a Graça é algo concedido pelo PAI através do FILHO e não há NADA, eu disse, NADA que possamos fazer para MERECER, isso inclui ter o “poder” de aceitar ou recusar a Salvação, porque não é pelos FRUTOS/ESCOLHAs para que ninguém se glorie,(Efésios 2:8,9)

    ou seja a GRAÇA não gira em torno de você e da sua escolha de aceitar ou não, mas sim o PAI te concede gratuitamente de acordo com a boa vontade e misericórdia de acordo com seus propósitos, e você é conduzido/influenciado (Jeremias 10:23pelo Espírito do PAI a CRER a andar no caminho, a lutAr contra a carne, assim desenvolver sua salvação.(João 6:44) Nisso se baseia o verdadeiro e bíblico Evangelho.

  4. Que um ÍMPIO jamais vai aceitar a VERDADE, após ter contato com a mensagem, vai rejeitar a GRAÇA de Yahusha, não vai se arrepender dos seus pecados, pelo contrário, terá prazer na iniquidade (2 Tessalonicenses 2:12 )( Oséias 4:8)e não sentirá qualquer culpa que leve ao arrependimento, pois o pecado o corrompeu completamente de forma que a Graça não o alcançará, pois o PAI só vai chamar a CRER quem são seus verdadeiros FILHOS, que foram eleitos desde a fundação do Mundo, (Efésios 1:4)que o PAI mesmo os Elegeu e os Conhece desde Antes do Ventre de nossa mãe, (Jeremias 1:5)portanto o PAI sabe quem são seus verdadeiros FILHOS e a esses concede o Dom da Fé(Efésios 2:8,9) para que creiam na Verdade e andem nos caminhos dos justos, ainda que tropecem irão se arrepender, terão prazer em cumprir e obedecer a Lei de YHWH, pois estamos mortos espiritualmente

    (Efésios 2:1-5) e só podemos ir até o PAI se Ele nos chamar primeiro (João 6:44)e ele chama seus FILHOs e aos outros, envia a operação do engano, para que creiam na Mentira,( 2 Tessalonicenses 2:11)pois neles não existe bondade e o PAI sabe, e é justo.

  5. ELOHIM (DEUS) é  Onipotente, Onipresente e Onisciente. Ele é o “EU SOU”, Princípio e Fim, Alfa e Ômega, ” Alef e TaV”, (Apocalipse 22:13)portanto sabe de todas as coisas, antes mesmo que elas aconteçam ou venham a existir (1 Pedro 1:2), é SOBERANO sobre TUDO E TODOS, (Deuteronômio 10:17)justo juiz, bondoso e nos ama e não cabe a nós, seres humanos corrompidos pelo pecado, julgar seus motivos ou desconfiar da sua verdade, bondade e justiça. Como escravos do pecado (Romanos 6:17-22)devemos nos redimir ao PAI que é sempre fiel e justo para nos perdoar, segundo a sua vontade e benegnidade, e só o que fazemos aceitar a sua vontade em conduzir a nossa vida. 

Sabendo e compreendendo esses importantes conceitos precisamos entender agora o básico, então prosseguimos:

O que é ARBÍTRIO?

De forma básica e prática é a capacidade de ESCOLHA dentro do limite da nossa NATUREZA, fazer escolhas terrenas. Ir a um lugar, comer algo, escolher uma roupa…

O que é LIVRE-ARBÍTRIO?

É a capacidade de escolha LIVRE de influências INTERNAS ou EXTERNAS, realizada pela vontade humana, ou seja a pessoa tem o poder de decidir as suas AÇÕES E PENSAMENTOS segundo o SEU PRÓPRIO desejo.

A expressão “livre arbítrio” não está na Bíblia, no entanto, em diversas passagens podemos ver que YAHUAH dá o” poder” de escolha ao ser humano dentro do limite da nossa NATUREZA.

A vontade de YHWH é que as pessoas sigam os seus mandamentos e façam coisas boas e cada pessoa vai sofrer as consequências TERRENAS de seus frutos, se tivermos boas escolhas terrenas teremos longevidade e etc.

A Predestinação Bíblica afirma que YHWH tem seus escolhidos mesmo antes de nascerem, e são predestinadas a CRER no Messias e portanto desenvolvem a sua salvação e começam a dar bons frutos e lutam contra os prazeres da carne. Se uma pessoa foi predestinada a fazer alguma coisa, logo não podemos dizer que o Arbítrio é LIVRE, dizemos que temos limites dentro do nosso Arbítrio.

Sabendo disso, vamos à PERGUNTA:

Teria eu a capacidade de escolher entre o Bem e o Mal, sem ser condicionado ou influenciado por NADA? Tanto interna como externamente, como escolher a salvação? ou ainda consigo escolher NÃO pecar SEMPRE e obter sucesso?

RESPOSTA:Eu não consigo SEMPRE escolher não pecar, logo eu não tenho livre arbítrio, porque se eu tivesse, eu escolhendo seguir o Messias, escolheria então não pecar, mas isso não é uma verdade, porque mesmo aceitando o Messias e a Verdade eu continuo pecando ou posso voltar a pecar, portanto não somos LIVRES, por conta do pecado que habita em nós e corrompeu a nossa natureza, o espinho na carne, a nossa natureza é de pecado, é corrompida e faz a separação natural, entre nós e o Criador, e para que possamos ter Fé, nos arrependermos, lutar contra a carne e seguir o Messias é necessário que o Criador nos escolha primeiro, nos chame, nos desperte, por isso o conceito de LIVRE Arbítrio, não existe. O que existe é a vontade e soberania do PAI que excede nosso entendimento.

A compreensão do Plano de Salvação é importante, pois o PAI nos chama e nos predestina a CRER, nos ouvimos a Verdade do Evangelho e então aceitamos, cremos e passamos a “desenvolver a nossa salvação”, a dar bons frutos porque sozinhos não conseguimos, em nós não há bondade e nada que façamos, nenhuma decisão ou escolha que tenhamos pode fazer com que obtenhamos a vida eterna de maneira LIVRE.

Lembre o Criador é SEMPRE JUSTO e ainda que não compreendamos o Porquê das coisas acontecerem nesse mundo, acredite, tudo acontece pela permissão e cumprimento da vontade divina e acontece como tem que acontecer, não devemos questionar nem duvidar do PAI, somente OBEDECER.

Se tivéssemos livre arbítrio, poderíamos então escolher não pecar SEMPRE, se assim desejássemos, de forma consciente.

Como não conseguimos ficar sem pecar sabendo da Verdade e do PAI, abominando o pecado e sabendo o que é o pecado, significa que você não tem LIVRE arbítrio no âmbito  espiritual, para escolher NÃO PECAR e conseguir sempre. 
Consequentemente não somos aptos a escolher nos  salvar, pois não tem a capacidade de escolher por si mesmo espiritualmente, porque o pecado que habita em você te puxa pra baixo, te corrompeu e contaminou seu corpo e seu coração e vc não consegue escolher de forma LIVRE, so é possível você se salvar se o Criador te conduzir no caminho da verdade se revelando  a você, através do Messias, do Evangelho, caso contrário você seguirá o curso normal de todo ser humano, a morte eterna.

Qual é a diferença entre Ímpio e Salvo então?

 A diferença entre um ÍMPIO e um SALVO é que o Salvo está predestinado a acreditar, a ter Fé, a aceitar o MESSIAS e a se arrepender de seus atos, já o ímpio não, sempre vai rejeitar a verdade, o Messias, a salvação, a Graça. 

Ambos vão errar, ( ser salvo nao significa ser SANTO, somos humanos pecadores) vão ter atitudes ruins e frutos ruins durante a sua vida, porém o SALVO, se importa em fazer a vontade do PAI, tem arrependimento, luta contra a carne, cai e levanta, se arrepende e implora pela Graça do Messias. O Ímpio não tem a noção de arrependimento, não sente culpa perante seus pecados e sente prazer em fazer o mal, não aceita a Verdade, o Messias e o Plano de Salvação e a Graça, pois seu corpo foi corrompido pelo pecado de forma que não existe volta e o PAI que sabe de todas as coisas já sabe e conhece nosso coração individualmente e vê a intenção em nós, pois é presciente. 

O mundo jaz no maligno e as forças do Mal nos rondam, nos influenciam, e através do pecado que habita em nós, somos tentados, tropeçamos, ainda que conheçamos e aceitemos a verdade. Ao nos arrependermos, clamar pelo perdão, somos justificados pela Graça de Yahusha e retornamos para o caminho da Verdade. 

Obra de Salvacao elaborada entre PAI e FILHO:

  • Predestinar para CRER
  • Justificar pelo Messias
  • Perdão dos Pecados
  • Fé e Arrependimento pra mudar de vida e lutar contra a carne

Esse é o processo/ caminho que difere um SALVO de um ÍMPIO, mas a natureza de ambos é pecaminosa, porque após a queda do Homem no Éden tudo foi modificado e por isso o Criador em sua maravilhosa bondade e justiça criou o plano de resgate da escravidão do pecado, nós vivemos o conflito espiritual, e caminhamos, porém a vontade do PAI e sua soberania está acima de qualquer decisão humana. 

Não somos donos da nossa vida, podemos fazer escolhas terrenas (Livre Agência) isso foi nos permitido, por isso somos conhecidos terrenamente pelos nossos frutos. Porém a limitação para escolhas espirituais existe, estamos em desvantagem( corrompidos) e não podemos escolher entre o Bem e o Mal Livremente. 

Aleister Clowley e a Lei de Thelema

Um dos grandes defensores do Livre Arbítrio foi Aleister Clowley, pai do satanismo moderno,  julgo Nova Era , e autor da Lei de Thelema: “ Fazes o que tu queres, ha de ser tudo da lei. O amor é a lei, amor sob vontade”. Crowley defendia o “libertarianismo” afirmando que, se o homem possui o livre arbítrio, ele é o único responsável por suas ações e existência. Não podendo ser julgado por nenhum Deus ou Diabo no que se refere ao destino da sua própria vida. Segundo ele, os caminhos para o auto-conhecimento dessa natureza como ser terreno (encarnado) passava pela experimentação dos próprios limites( uma vez que nós temos desejos e vontades) Mas essa experimentação, que por muitos podia ser vista como mera libertinagem ou imoralidade ( tornando muitos desejos e vontades “pecados” ) , deveria sempre ser executada com rigor científico, imparcialidade e permanente refinamento (ou seja, justificando a libertinagem como uma necessidade, uma experiência para não ser condenada pela sociedade). Assim qualquer ato na vida passaria a ser uma ferramenta através da qual cada um poderia obter um profundo conhecimento de sua própria psiquê. E ai? contraditório um Salvo aceitar esse pensamento né?! 

Entenda que você não é o dono da sua vida, você não escolheu nascer, você não escolheu nem seu nome.  Você tem uma ilusão de que pode escolher mas na verdade você não está sob controle. Você não faz escolhas totalmente livres e conscientes, você é  influenciado o tempo todo e direcionado a fazer escolhas, até mesmo na modernidade, quando vai em uma loja comprar algo, tudo que está ali foi planejado e programado para te atrair e você comprar, baseado na sua personalidade, preferências e etc. Você acha que está escolhendo algo por decisão própria mas existe todo um planejamento por trás da elaboração de um produto antes que ele vá para as prateleiras. Você “escolhe” terrenamente, dentro das condições colocadas a você, disponíveis. 

 Você pode fazer escolhas dentro da sua limitação  da sua natureza caída e corrompida pelo pecado você demonstra seus frutos através das suas escolhas , mas lá no final ou você será ser salvo ou condenado. Simples. Lá no final já está tudo escrito, você só está cumprindo a vontade de YHWH na sua vida e participando do conflito espiritual, vivendo uma vida terrena enquanto luta contra a carne, ou não caso vc seja um ímpio, aí terá prazer na iniquidade.

Entenda: Toda a glória da salvação é do Criador e não do ser humano, se FOSSE pelo live arbítrio seria MERITOCRACIA humana e não GRAÇA. Uma vez salvo sempre salvo. Se a salvação vem em Crer no Messias e sua Graça, através da Fé concedida gratuitamente pelo PAI, então, uma vez salvo, Salvo para Sempre! 

📖Referências Bíblicas do Estudo: Jeremias 13:23/ 1 João 1:8-10/ Romanos 3:9-11/ Efésios 2:1-5/Filipenses 2:13 / Colossenses 3:1-5/Mateus 10:32,33/ Romanos 3:23/ Romanos 6:23/ Hebreus 2:2/ Efésios 2:1-3/ Efésios 1:4,5/ Efésios 2:8,9/ Jeremias 10:23/ Provérbios 16:9/ Provérbios 21:1/ João 6:44/ João 5:40/ Romanos 3:11/ Gênesis 2:16,17/ Marcos 16:16/ Romanos 7:14-23/ Romanos 3:9-18/ Mateus 22:14/Jeremias 1:4-9/ Deuteronômio 30:15-20

Dúvidas? Deixe nos comentários! e Abaixo o vídeo que expliquei com maus detalhes sobre o Livre Arbitrio! Assista e se inscreva no canal!