Renúncias

O que um Eleito deve fazer é: renunciar á tudo, inclusive à ele mesmo; mas o quê é isso?

Renunciar ao mundo: pense em ficar sem seus bens materiais, sem seu celular, sem sua televisão, sem seu vídeo-game, sem seu carro, sem festas, sem balada, sem comemorações e sem tudo que te faz feliz. Aprenda a gostar dessa ideia, pois a Palavra de Yahusha é a única coisa que deve estabelecer sua estrutura mental e espiritual; A Bíblia é o único bem material no qual você deve se apegar, desapegue de tudo o mais.

Renunciar aos amigos: se afaste das amizades das quais você vive rindo, “zoando”, vive conversando sobre mundanismos, sobre música, sobre mulheres, sobre futebol e séries de TV. Amigos que não são eleitos só vão tomar o seu tempo, o seu QI, e te distrair para não atuar em sua missão de Eleito.

Renunciar à família: a família é a melhor ferramenta para te impedir de seguir sua missão de Eleito, pois está interligado emocionalmente à ela, e vice-versa. Geralmente os familiares não entendem “seguir a missão de Eleito”, muitas vezes os familiares agem de forma até extrema, te imputando títulos como “fanático religioso” ou lunático. Lembre-se de Mateus 10:34-39. Logo precisa desvincular seu espírito da sua família, pois todos nós criamos alicerces em nossas famílias, o primeiro passo é entender isso, o próximo passo é quebrar seus alicerces nela e criar alicerces no Messias, Ele deve ser o único alicerce; ir contra sua família para servir ao Messias é algo difícil porém não impossível, se o Criador de todas as coisas está te dando suporte, quem te vencerá?

Renunciar à você mesmo: renunciar a você mesmo é a coisa talvez, mais difícil no trabalho de um Eleito, pois precisa lutar contra você mesmo, porém, para algumas pessoas é um trabalho fácil. Esse plano de renuncia se faz com pequenos períodos, em alguns dias por semana:

Jejum – isso quebra o vício e o desejo de comer, de beber água, e isso você prova a si mesmo que não tem vícios em nada disso que a carne necessita.

Abster-se de tecnologia – isso quebra o vício tecnológico que aprendemos a ter, assim você prova a si mesmo que não tem alicerces em nada do que é material e físico.

Banho gelado – isso quebra o vício em água quente e faz seu corpo se adaptar ao “trauma gelado”, com isso o limite de situações extremas do seu corpo aumenta, e claro, fora todos os benefícios para a pele, cabelo e espírito que o banho gelado traz.