Adventistas: Ellen G. White

Ellen G. White foi a idealizadora da Igreja Adventista do Sétimo Dia. Basicamente a igreja adventista usou suas ideias para criar as doutrinas da religião, mas juntamente com algumas Verdades bíblicas, lembre-se: um engano sempre necessitará de Verdades, para que seja um engano e não um mal descarado.

Porém, Ellen White não é considerada somente uma escritora bíblica, mas sim uma Profetiza que detinha o Espírito de profecia (Batismo do Espírito Santo) e falava inspirada pelo próprio Criador.

Sendo assim, hoje existe 2 vertentes na IASD (Igreja Adventista do Sétimo Dia):

  1. Pessoas que consideram Ellen White canônica, ou seja, uma profetisa como Daniel, por exemplo.
  2. E as pessoas que a consideram uma profetisa que recebeu informações diretamente do Criador para escrever e guiar a “igreja” remanescente do fim dos tempos. Sendo assim, uma profetisa líder dos remanescentes.

Todos estes ensinamentos doutrinários, como:

  • Viver no campo
  • Vegetarianismo na “igreja”
  • A excomunhão do café por ser pecado bebê-lo
  • Usar peruca deixa o sujeito com problemas neurológicos
  • O repúdio do casamento entre brancos e negros por ser pecado
  • A Marca da Besta como sendo o decreto dominical, ou seja, a guarda do domingo
  • Milênio do Messias no céu
  • Outros jardins do Éden em outros planetas
  • O consumo de carnes no fim dos tempos faz você perder a Salvação, frustrando assim o sacrifício no Madeiro
  • Selo dos remanescentes sendo a guarda do Sábado (4° Mandamento)

Todas essas doutrinas veio diretamente da Ellen G. White, pelos seus escritos, todas as doutrinas contrárias a Verdade Bíblica, elas só puderam ser embasadas por conta dos escritos da Ellen White. A questão da carne, por exemplo, é o ponto mais claro que mostra quem a Ellen White serve, e doutrinas de quem está fazendo os adventistas cumprirem:

“Ora, o Espírito expressamente diz que, nos últimos tempos, alguns deixarão a fé, dando ouvidos a espíritos enganadores e a doutrinas de demônios, falando mentiras em hipocrisia, tendo a sua própria consciência cauterizada com ferro quente, proibindo o casamento e ordenando a abstinência de carnes que YHWH criou para ser recebido, com ação de graças, pelos que creem e conhecem a verdade; porque toda criatura de YHWH boa, e não há nada que rejeitar, sendo recebido com ações de graças, porque é santificada pela palavra de YHWH e pela oração.” 
1 Timóteo 4:1-5
 

Ellen White é basicamente o Chico Xavier da IASD.

Pensando nisto avalie se quer investir tempo lendo os escritos de Ellen White, ou se quer estudar a Bíblia.

Dossiê da Ellen G. White:

1.O plano de Salvação foi feito após a queda?

Ellen White diz: SIM.

“O reino da graça foi instituído imediatamente depois da queda do homem, quando um plano foi elaborado para a redenção da raça culpada”. O Grande Conflito, pág. 347

Bíblia diz: NÃO.

“Porque bem sabeis que não foi com coisas corruptíveis, como prata ou ouro, que fostes resgatados da vossa vã maneira de vida entregue a você de seus antepassados, mas pelo precioso sangue de Cristo, cordeiro sem defeito ou defeito. Ele foi escolhido antes da criação do mundo, mas foi revelado nestes últimos tempos por amor de vós ” 1 Pedro 1:18-20

“assim como nos escolheu nele antes da criação do mundo para sermos santos e irrepreensíveis em sua presença”. Efésios 1:4

OBS: O Evangelho da Salvação pela Graça mediante a Fé no Messias de Ysrael, Yahusha ha’Mashyach já existia antes da criação do mundo.

Ellen G. White contradiz a Bíblia, afirmando que o plano de Salvação foi concebido após a Queda de Adão e Eva.

 

2.Estava Adão com Eva, quando ela foi tentada no jardim?

Ellen White diz: NÃO.

“Os anjos haviam advertido Eva cuidado de separar-se de seu marido, enquanto ocupado em seu trabalho diário no jardim, com ele, ela estaria em menos à tentação do que se estivesse sozinha Mas absorvido em sua tarefa agradável, ela inconscientemente. desviaram seu lado. Ao perceber que estava sozinha, ela sentiu uma apreensão de perigo […] Ela logo encontrou-se olhando com curiosidade e admiração misturados em cima da árvore proibida”. Patriarcas e Profetas, págs. 53, 54

Bíblia diz: SIM.

“Quando a mulher viu que o fruto da árvore era bom para comer e agradável aos olhos, e também desejável para adquirir sabedoria, ela levou alguns e comeu e deu também a seu marido, que estava com ela. , e ele comeu”. Gênesis 3:6

 

3.Adão foi enganado por Satanás?

Ellen White diz: SIM.

“Satanás, que é o pai da mentira, enganou Adão de modo semelhante, dizendo-lhe que não precisava obedecer a Deus, que ele não morreria se ele transgrediu a lei” Evangelismo, pág. 598 

BÍBLIA diz: NÃO.

“E Adão não foi enganado, mas a mulher, sendo enganada, caiu em transgressão” 1 Timóteo 2:14

OBS: Quem mostrou a Ellen White que Satanás enganou Adão, quando a Bíblia diz que Adão não foi enganado? Quem é a fonte das “revelações” de Ellen White?

 

4.Quem falou com Caim?

Ellen White diz: FOI UM ANJO.

“Através de um anjo mensageiro a advertência divina foi transmitida:” Se bem fizeres, não serás aceito? ” Patriarcas e Profetas, pág. 74

Bíblia diz: foi YHWH TZVAOT.

“Então YHWH disse à Caim: Por que te iraste? E por que descaiu o teu semblante?
Se bem fizeres, não é certo que serás aceito? E se não fizeres bem, o pecado jaz à porta, e sobre ti será o seu desejo, mas sobre ele deves dominar. E disse YHWH: Que fizeste? A voz do sangue do teu irmão clama a mim desde a terra. Então disse Caim à YHWH: É maior a minha maldade que a que possa ser perdoada.
YHWH, porém, disse-lhe: Portanto qualquer que matar a Caim, sete vezes será castigado. E pôs YHWH um sinal em Caim, para que o não ferisse qualquer que o achasse.
E saiu Caim de diante da face de YHWH, e habitou na terra de Node, do lado oriental do Éden”. Gênesis 4:6, 7, 10, 13, 15, 16

 

5.Foi YHWH ou um anjo que fechou a porta da arca de Noé?

Ellen White diz: FOI UM ANJO.

“Um anjo é visto pela multidão escarnecedora descer do céu vestido com brilho, como o relâmpago Ele fechou a maciça porta, e leva seu curso para cima, para o céu novamente”. Spiritual Gifts, vol 3, pág. 68 (escrita em 1864)

DEPOIS MUDA DE IDEIA…

Ellen White diz: DEUS.

“[…] Deus tinha fechado, e só Deus poderia abri-la” Patriarcas e Profetas, pág. 98 (escrito em 1890)

Bíblia diz: FOI DEUS

“E os que entraram eram macho e fêmea de toda a carne, como Deus lhe tinha ordenado; e o Senhor o fechou dentro”. Gênesis 7:16

 

6.Foi a Torre de Babel construída antes do dilúvio?

Ellen White diz: SIM.

“Este sistema foi corrompido antes do dilúvio por aqueles que se separaram dos fiéis seguidores de Deus, e engajados na construção da torre de Babel” Spiritual Gifts, Vol. 3, pág. 301

Bíblia diz: CLARO QUE NÃO.

“E viveu Noé, depois do dilúvio, trezentos e cinqüenta anos. E disseram: Eia, edifiquemos nós uma cidade e uma torre cujo cume toque nos céus, e façamo-nos um nome, para que não sejamos espalhados sobre a face de toda a terra”. Gênesis 9:28, 11:04

 

7. A Torre de Babel foi construída para escapar de outro dilúvio?

Ellen White diz: SIM.

“Os moradores da planície de Sinear não criam no concerto de Deus de que não mais traria um dilúvio sobre a terra Muitos deles negavam a existência de Deus, e atribuíam o dilúvio à operação de causas naturais […] antes a construção da torre era garantir sua própria segurança em caso de outro dilúvio. Elevando a construção a uma altura muito maior do que o alcançado pelas águas do dilúvio, julgavam colocar-se fora de qualquer possibilidade de perigo. E como eles seriam capazes de ascender à região das nuvens, esperavam para determinar a causa do dilúvio”. Patriarcas e Profetas, pág. 119

Bíblia diz: NÃO.

“Então disseram: Vinde, edifiquemos nós uma cidade, com uma torre que chega aos céus, para que possamos fazer um nome para nós mesmos e não ser espalhados sobre a face de toda a terra”. Gênesis 11:04

8.Quem arrancou o Fruto?

Ellen White diz: A SERPENTE.

“A serpente arrancou o fruto da árvore proibida e colocou-o nas mãos de Eva meio relutante”. Patriarcas e Profetas, pág. 55

DEPOIS MUDA DE IDEIA…

Ellen White diz: EVA.

“Sem medo de que ela (Eva) arrancou e comeu”. Patriarcas e Profetas, pág. 56

Bíblia diz: EVA.

“Quando a mulher viu que o fruto da árvore era bom para comer e agradável aos olhos, e também desejável para adquirir sabedoria, ela pegou alguns e comi”. Gênesis 3:6

Veremos algumas citações reunidas dela para entender o repertório cultural, logo os elementos culturais que formavam a mentalidade da mesma:

“Ele lhe conhece os motivos, seus próprios intentos e propósitos. Ide a Ele com vossa alma toda manchada como se acha. Como o salmista, abri de par em par suas câmaras ao olho que tudo vê, exclamando[…]”. Caminho a Cristo, pág. 34

“[…] Não só com professores capazes, mas também sob a supervisão das inteligências celestiais, sabendo que o olho que tudo vê, estava com ele”. Testemunhos Especial de Educação (outubro, 1893 – FE 230,2)

“[…]o olho que tudo vê, observa os defeitos de todos e cada paixão que domina a cada um. […] cada palavra de censura ou condenação, é doloroso”. Conselhos para a Igreja, pág. 177

“Os segredos e as coisas mais ocultas estão abertos ao olho que tudo vê. Quando o juiz de todos os homens fazer sua investigação[…]” Medical Ministry (1932), pág. 133

“O olho que tudo vê de Deus. Se estivéssemos a apreciar uma impressão habitual de que Deus vê e ouve tudo o que fazemos e dizemos e mantém um registro fiel de nossas palavras e ações, e que devemos pagar por tudo isso, teríamos medo de Pecar[…]”. Testimonies on Sexual Behavior, Adultery, and Divorce (1989), pág 101, parág. 3

“Eu podia ver a perfeição divina nas flores que adornavam a terra. Deus os acompanhava, e seu olho que tudo vê sempre estava acima deles. Ele tinha feito e pediu-lhes bem”. The Church Volume One (1855-1868), pág. 19

“Nada pode ser escondido do olho que tudo vê. Aquele a quem temos de fazer. Aqueles que jogaram todas as suas energias para a causa de Deus, e que se aventuraram para fora[…]”.Testimonies For The Church Volume One (1855-1868) pág. 468

“Deus, o olho que tudo vê, observa os defeitos de todos[…]”. The Church Vol V (1882-1889), pág. 95

Podemos ver que Ellen White usa a expressão “Olho que tudo vê” incontáveis vezes. Mostrei apenas algumas citações aqui. Não resta duvida de que ela estava muitíssimo familiarizada com este termo.

“O grande Arquiteto do universo formou e moldou as cenas da natureza que podem ter um impacto importante sobre o caráter intelectual e moral do homem. Estes estão a ser a escola de Deus para educar a mente e moral”. Our High Calling, pág. 252

“O grande Arquiteto construiu essas altas montanhas, e sua influência sobre o clima é uma bênção para o nosso mundo. Elas retiram a umidade das nuvens. Cadeias de montanhas são grandes reservatórios de Deus, para abastecer o mar com suas águas. Estas são as fontes das nascentes, córregos e riachos, bem como os rios. Eles recebem, em forma de chuva e neve[…]”. Our High Calling (1961), pág. 253, parág. 4

“Deus é o grande Arquiteto do universo. Sem a sua cooperação, sem o auxílio das inteligências mais elevadas, como inútil seriam os planos dos homens”. The Review and Herald, 28 de maio de 1908.

O parágrafo acima, é uma das provas indiscutíveis do envolvimento da Ellen White com a Maçonaria. Este mesmo parágrafo é o alicerce de todos os ensinamentos ocultistas praticados pelos maçons.

“Em seu isolado lar João foi capaz de estudar mais do que nunca, as manifestações do poder divino, como as registradas no livro da natureza e nas páginas da inspiração. Para ele, foi um deleite meditar sobre a obra da criação  do grande Arquiteto Divino. Em anos anteriores seus olhos tinham sido recebidos pela visão de montanhas cobertas de florestas, vales verdes […]”. The Acts of the Apostles (1911), pág. 571, parág 2

Ela usa a expressão “O grande arquiteto” em algumas ocasiões sempre em conexão com a natureza. Isso demonstra o sincretismo ambulante entre o cristianismo, o conhecimento ocultista Maçom e os movimentos New Age (Nova Era).

Mas se Ellen White é da Maçonaria como ela parece ser, porquê a Maçonaria estaria dentro do Cristianismo?

Vejamos um texto retirado do livro do criador do Rito Escocês da Maçonaria, Albert Pike, Morals e Dogma:

“A religião, para obter moeda e influência com a grande massa da humanidade, deve ser combinada com tal quantidade de erro que a coloque muito abaixo do padrão atingível pelas capacidades humanas superiores. Uma religião tão pura quanto a mais elevada e cultivada razão humana poderia discernir, não seria compreendida ou efetiva sobre a porção menos instruída da humanidade. O que é verdade para o filósofo, não seria verdade, nem teria efeito de verdade para o camponês. A religião de muitos deve ser necessariamente mais incorreta do que a dos poucos refinados e reflexivos […]”. Morals and Dogma, pág 224

Será que Ellen G. White era uma infiltrada no Cristianismo para os propósitos maçons da Maçonaria Clandestina?

Mas uma das capas que mais me deixou pensativo foi a capa do livro “O Caminho da Vida” da Ellen Gold White:

Se a Ellen White é mesmo da Maçonaria Clandestina, sem poder receber todas essas revelações do Criador, ela sonhava e recebia revelações de quem? Mais importante, ela faz os adventistas cometerem idolatria, seguirem doutrinas e preencherem seus imaginários sociais com conhecimentos de quem? De qual entidade espiritual? o Criador ou Satanás?

E a nossa querida Ellen Gold White tem um grande fã clu… FÃ? FÃ? os adventistas se gabam por guardarem o Shabat que é o 4° Mandamento, e jogam no lixo o primeiro? Esse é o amor à Deus que se propõe a fazer (no pensamento de ainda guardar os mandamentos como ordenanças)?

“Não terás outros deuses diante de mim.

Não farás para ti imagem de escultura, nem alguma semelhança do que há em cima nos céus, nem em baixo na terra, nem nas águas debaixo da terra.

Não te encurvarás a elas nem as servirás; porque Eu, Yahuah teu Alahim, Sou um Alahim zeloso, que visito a iniqüidade dos pais nos filhos, até a terceira e quarta geração daqueles que me odeiam”. Êxodo 20:3-5

Mas uma coisa interessantíssima é o túmulo da senhora Ellen Gold White!

Um obelisco? Qual o propósito disso?

Vejamos:

Um obelisco (do latim obeliscus, do grego ὀβελίσκος, diminutivo de ὀβελός, “espeto”) é um monumento comemorativo, típico do Antigo Egito, constituído, de um pilar de pedra em forma quadrangular alongada e sutil, que se afunila ligeiramente em direção a sua parte mais alta, normalmente decorado com inscrições hieroglíficas gravadas nos quatro lados, terminado com uma ponta piramidal. Os mais antigos obeliscos eram feitos a partir de apenas uma peça de pedra, ou seja, eram monólitos.

O objetivo desses monumentos é honrar o grande panteão de deuses e significa o pênis ou falo de; Rá, Baphometh (cabra de mendes) G.A.D.U.(o arquiteto universal), Jabulom, Abadon, Baal, etc.

Como os Egípcios deram grande importância para esta estátua, eles logo foram grandes mestres nesse tipo de escultura, eles criaram até uma lenda. 

Osíris foi um rei do Egito que se casou com a sua irmã Isis. Set, seu irmão, pretendia roubar o trono e assim planejou a morte de Osíris. Ele enganou Osíris e o fez entrar numa caixa dourada. Assim que ele entrou, Set pregou a tampa da caixa e a atirou no rio Nilo. A caixa foi levada para Byblos (antiga Fenícia, hoje é a Síria), de onde veio parar no tronco de uma árvore de Tamarisco ou árvore de Acácia, com Osíris morto ainda dentro. Isis descobriu o que Set tinha feito a Osíris, então ela partiu para encontrar o seu marido.

Uma visão a levou a Byblos, onde ela recuperou o seu corpo e o levou de volta para o Egito. Mas Set roubou o corpo de Osíris e o partiu em quatorze pedaços, os quais ele espalhou por todo o Egito para impedir que Osíris voltasse à vida novamente. Isis recuperou todos os pedaços com a exceção de um – o pênis – e deu a Osíris um enterro adequado. Seu filho, Hórus, vingou a morte de seu pai matando Set. Seu outro filho, Anúbis, ressuscitou-o com o “aperto de leão”. Havendo triunfado sobre a sepultura, Osíris agora reina como rei e juiz dos mortos. O pedaço de Osíris que Isis nunca recuperou foi seu pênis, o qual Set havia jogado no Nilo onde foi comido pelos peixes. Sempre muito engenhosa Isis inventou um órgão artificial o obelisco, em torno do qual os egípcios estabeleceram um culto, ou festival da Pedra Bem Ben, Falo, Pênis ou Obelisco era em si um símbolo fálico (peniano) de Osíris, Ra ou fertilidade em geral, era um símbolo de paternidade, a pedra que gerou”.

Para os Antigos Egípcios às Pedras Bem Ben, Falo ou Obeliscos, foram erigidos para agradecer o deus Sol Rá por sua proteção e pelas vitórias concedidas aos soberanos egípcios, bem como para pedir favores. O formato dos Obeliscos deram origens às primeiras Pirâmides, pois os sumerianos já o faziam séculos antes da primeira pirâmide ser construída. Eles representam os raios de sol que aquecem e iluminam a terra. Além disso, os obeliscos eram usados para glorificar os faraós. Suas inscrições descrevem vários governantes egípcios como “amado de Rá” ou “belo… como Atum”, que era o deus do sol do fim do dia. Uma dessas inscrições fala a respeito da perícia militar de um faraó: “Seu poder é como o de Montu (deus da guerra), o touro que esmaga terras estrangeiras e mata os rebeldes”. Os primeiros obeliscos do Antigo Egito foram erigidos na cidade egípcia de Junu (a Om bíblica), que se significa “Cidade da Coluna”, se referindo aos próprios obeliscos.

Os gregos chamavam Jonu de Heliópolis, que quer dizer “Cidade Sol”, visto que era o principal centro egípcio para a adoração do Sol. O nome grego Heliópolis corresponde ao nome hebraico Bete – Semes que significa “Casa do Sol”. O livro bíblico profético de Jeremias fala sobre a destruição das colunas de Bete Semes que está na terra do Egito. Isso pode referir-se aos obeliscos de Heliópolis. “E quebrará as estátuas de Bete Semes, que está na terra do Egito; Jeremias 43:13”.

Para os maçons Illuminatis que em 1800 estavam buscando no escuro alguma iluminação mística, o obelisco era o único símbolo arquitetônico de Osíris ainda em existência. Como alguns historiadores maçônicos afirmam, Hiram Abiff é realmente Osíris renascido, não poderia haver maior prova de ascendência maçônica no mundo moderno do que obeliscos egípcios impostos pelos maçons no coração das grandes cidades do ocidente. Estes também simbolizariam Boaz e Jachim, os dois pilares que os maçons dizem que foram construídos em frente do templo de Salomão, imitando os dois obeliscos na entrada dos templos egípcios.

Sociedades secretas como a Maçonaria, Rosas Cruzes, Illuminatis (que na verdade são todos um só), Golden Dawn, Esoterismo, Wicca e outras organizações ocultas continuam a usar essas imagens para marcar pontos de governo como estruturas religiosas em praças ao redor do mundo. Obeliscos também são comumente utilizados para marcar os túmulos de maçons proeminentes.

Alguma pergunta?

Irmãos, não precisamos de pseudoprofeta de igreja alguma para entender as Verdades do alto, do Pai, o Criador dos céus, da terra e das fontes das águas, o único jeito de você receber revelações do Pai hoje, antes do Batismo pelo Espírito Santo (que ocorre no 1° Selo do Apocalipse) é pela Palavra Dele, Ele vai te revelar as coisas apenas pela Palavra, hoje que recebe vozes na cabeça, ou sonhos com pessoas mortas está recebendo “revelações” de demônios, que te levarão ao engano, parem com a idolatria ao homem, e adore ao Pai em Espírito e Verdade!

“E eu rogarei ao Pai, e ele vos dará outro Consolador, para que fique convosco para sempre;
O Espírito de verdade, que o mundo não pode receber, porque não o vê nem o conhece; mas vós o conheceis, porque habita convosco, e estará em vós”. João 14:16,17

Tome cuidado com os falsos profetas que falam coisas perversas proibindo o consumo do alimento sagrado, a carne!

Porque eu sei isto que, depois da minha partida, entrarão no meio de vós lobos cruéis, que não pouparão ao rebanho;

“E que de entre vós mesmos se levantarão homens que falarão coisas perversas, para atraírem os discípulos após si”. Atos 20:29,30

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.